Habitos no TrabalhoVanessa Loder, fundadora da Akoya Poder e co-fundadora da Achievement Mindfulness Based, fez um MBA em Stanford, investindo 200 mil dólares. No entanto, analisando sua vida, ela percebeu que embora seu estudo tenha sido muito importante e que o investimento tenha sido compensatório, algumas lições essenciais para o sucesso não são aprendidas nas escolas de negócios. Leia abaixo a lista que Vanessa desenvolveu e pense se você já aprendeu esses pontos.

1. Auto-Compreensão 

Seja gentil com você mesmo, especialmente quando você se sentir mal. Aprender a falhar sem odiar a si mesmo no processo é provavelmente a melhor habilidade de negócios que alguém poderia aprender, além de ser uma das habilidades mais importantes da vida. Isso está ligado à felicidade, um sentimento de merecimento, sucesso, e até mesmo força de vontade. A auto- compreensão ajuda a se recuperar mais rapidamente dos reveses e buscar novas oportunidades, sem deixar que o medo entre em seu caminho.

2. Visualize seu próprio futuro .

Uma das melhores maneiras de tornar sua visão uma realidade é ter clareza sobre ela e, em seguida, ver-se nela como se você já estivesse no futuro.  Se você quer uma promoção, veja-se já nessa posição. Se você quer começar uma empresa, veja-se como que o futuro empreendedor. Você vai atrair pessoas e oportunidades que levam você para o seu ideal de vida ao visualizá-lo e senti-lo  como se você já tivesse essa vida.

3. Valorização e Gratidão.

Quanto mais você aprecia o que você já tem, mais você terá. Simples assim. Se você quiser crescer o seu território de vendas, valorizar o território que você já tem, mesmo que lhe foi atribuído a menor região na sua empresa. Uma vez que você começar a apreciá-lo, de repente você vai ver uma nova oportunidade dentro de sua pequena região que você não tenha notado, ou alguém vai lhe dar um território maior, ou nada vai mudar imediatamente, mas você vai se sentir mais feliz com seu trabalho.

4 . Confiança e paciência .

Somos ensinados a ser impacientes para obter resultados rápidos. Mas quando você age a partir de um lugar de impaciência, medo, escassez, ou tentando ser excessivamente “estratégico”, muitas vezes você nada contra a corrente e seus esforços são ineficazes. A contratação de funcionários é um exemplo disso. Quando temos pressa para preencher uma necessidade, muitas vezes criamos um problema maior com a contratação de alguém de performance inferior ao necessário e precisamos substituí-lo em uma data futura.

5 . Prática da atenção plena:  Ser é mais importante do que fazer.

Ser ocupado, de alguma forma tornou-se um sinal de prestígio. Ser calmo e quieto pode nos dar idéias para o nosso negócio que têm um impacto muito maior do que quando corremos por aí como uma galinha com a sua cabeça cortada, disparando e-mails para todos os lados constantemente sem pensar sobre o todo. Quando agimos sem ser conscientes, podemos levar a conseqüências desastrosas ao negócio. Nós, literalmente, nos tornamos mais estúpidos. Um estudo mostrou que, quando somos reativos, perdemos 10-15 pontos de QI.

6. Siga seu coração e intuição. Não sua mente, ego ou carteira.

Eu dou este conselho a todos os meus clientes, e tem realmente funcionado. Muitos de nós estamos na tentativa de provar o nosso valor para os outros, o que raramente leva a nos sentir bem no longo prazo. Podemos obter um curto impulso quando alguém valida as necessidades do nosso ego, mas não é sustentável. O verdadeiro caminho para o sucesso e realização é seguir o desejo do seu coração. Da próxima vez que você estiver tomando uma decisão, observe se o seu coração e sua intuição estão dirigindo o ônibus ou o seu ego, mente e carteira e veja se você pode seguir o primeiro.

7. Nossos pensamentos criam a nossa realidade.

Você escreve a história de sua vida, ninguém mais. Você se torna o que você pensa . Os pensamentos positivos levam a resultados positivos. Os pensamentos negativos levam a resultados negativos. Se você está chateado sobre um funcionário de baixo desempenho e você se concentrar nele obsessivamente, você vai começar a ver falhas por todos os lados. Se você se concentrar no que está dando certo e tomar medidas para corrigir o empregado de baixo desempenho, você vai começar a ver resultados mais positivos.

Eu acredito que estes princípios devem ser ensinados em todas as escolas. A boa notícia é que você não precisa ir a uma escola superior para aprender e aplicar essas ferramentas. Qualquer um pode fazê -lo, e é grátis. Você pode começar pequeno. Comprometer-se a apreciar três coisas sobre a sua contribuição no trabalho agora e observe como você se sente depois. O que você tem a perder?

*Traduzido e adaptado de Stanford Business Review


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.