Seja seu próprio chefe (mesmo tendo um)

atitude-para-o-sucesso-profissionalAs pesquisas relacionadas à emprego com os jovens apontam que a empresa dos sonhos da maioria deles é a que eles mesmos pretendem começar. O sonho de muitos é ser o seu próprio chefe! Mas para isso não é preciso abrir uma empresa e ser um empreendedor. A revista Exame elencou em uma de suas reportagens, 4 passos para se tornar o seu próprio chefe, conforme segue abaixo:

1. Saiba muito bem o que esperam de você
Para começar, você precisa conhecer a fundo as características do seu empregador e as particularidades do serviço que você deve prestar a ele. Você precisa ter consciência sobre as expectativas básicas que existem sobre você – para não precisar ser lembrado constantemente por alguém a respeito delas.

2. Conheça os possíveis efeitos das suas falhas
É decisivo, sobretudo, saber precisamente quais possíveis erros seus seriam tolerados, e quais seriam inadmissíveis. Você também precisa saber quantificar riscos e oportunidades envolvidos no seu trabalho. Qual é custo para empresa dos seus erros? E o potencial de retorno dos seus acertos? Essas variáveis precisam ser estudadas no seu processo de autogestão.

3. Estabeleça uma relação de equilíbrio com o seu chefe de fato
É bom não confundir empoderamento com independência absoluta da estrutura. Você não tem obrigação de só entregar a solução pronta para o seu chefe: é permitido apresentar dúvidas, questionamentos ou mesmo problemas para ele. O ideal é estabelecer um meio termo entre o microgerenciamento, situação em que você pergunta tudo para o seu superior, e uma espécie de “vôo livre”, em que você não pergunta nada. Precisa haver troca entre você e o seu chefe, baseada em confiança mútua.

4. Faça autoavaliações constantes
Para consolidar sua autonomia, é importante ter um olhar crítico para o seu próprio trabalho. Uma ideia é manter um diário dos insights e lições do seu dia a dia no escritório. Isso porque analisar os desafios que se apresentarem, bem como as soluções encontradas, ajuda a sistematizar o seu desenvolvimento. O objetivo que você precisa perseguir é aprender sozinho, continuamente.

E então? Mais simples que você imaginava? Lembre-se do pensamento de Bob Nelson: “O maior erro que alguém pode cometer é achar que trabalha para alguém”. Então, mãos a obra! Assuma o comando de sua vida e carreira para alcançar os resultados desejados!!


Posted under: Excelência em Liderança, Excelência Pessoal, Excelência Profissional

Tagged as: , ,

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *